top of page

Indie Hippie Retrô Brasileiro é uma autêntica viagem por ritmos e sons conduzida por Haroldo Bontempo


Fruto da cena independente belo-horizontina, Haroldo Bontempo tem conquistado, de maneira gradativa, espaço e destaque no meio musical. Seja como integrante da banda Mineiros da Lua, seja em formato solo, o trabalho de Bontempo tem se tornado referência de boa música produzida na contemporaneidade .


Basicamente dois anos após ao seu segundo (e elogiado) disco solo autointitulado, Haroldo Bontempo volta a cena com o delicioso EP Indie Hippie Retrô Brasileiro (2024).


Composto por cinco faixas, o EP foi gravado no Estúdio Cais (em Belo Horizonte). A produção conjunta assinada por Haroldo, Bernardo Bauer e Felipe D'Angelo (ambos integrantes do Moons) valoriza bem cada instrumento e performance, fazendo o ouvinte se sinta instigado a ouvir, de forma atenta, cada canção.


O amplo arco de participações do quilate de Dinho Almeida (Boogarins), Thiago Corrêa (Graveola), Marcelo Dai (Liniker, Samuel Rosa), Bê Moura (Cayena), Jovana Trifunovic (Orquestra Filarmônica de Minas Gerais), William Pajé (Então Brilha, Lagum) fazem com que o disco ganhe em dinamismo e fluidez rítmica.


O primeiro single de Indie Hippie Retrô Brasileiro foi "Risada", canção em Haroldo se apromixa do saudoso João Donato. Lançada ano passado, a faixa sinteza as pretensões do disco, pois promove um bem-vindo encontro de gerações mediado pela bossa nova.


Também se destacam faixas como "Um Novo Começo", que faz bom uso de arranjo de cordas e conta com a participação de um time de vozes femininas formado por Anna Laranjeira, Lina Lanna, Luisa Penido, Luiza Rozza.


"Sobe e Desce", canção semi-instrumental, une (de forma inusitada) o funk carioca e o jazz. "Até que Eu Gosto de Você", por sua vez, é uma parceria com Dinho Almeida, tem refrão pegajoso (que gruda desde a primeira audição) e une sonoridades distintas em ode ao samba e o indie.


Em síntese, em Indie Hippie Retrô Brasileiro Haroldo segue as premissas deixas em seus trabalhos anteriores e, felizmente, deixa a sua verve criativa flanar por ritmos diversos, resultando num trabalho que prima pela diversidade musical.


Foto: Rafa Chernicharo



21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page